Bem-vindo(a) à Linha Diabetes. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Diabetes.

Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: linhadiabetes@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

A HORA DAS REFEIÇÕES

Alimentos e Diabetes: por...

CARNE VERMELHA

CAFÉ PREVINE DIABETES

Amêndoas e Nozes

NASCEU UM DIABÉTICO

Doces e Câncro do Pâncrea...

Arroz Branco e Diabetes

Temas

alimentação

alimentacao

avc

brasil

calorias

cancro

colesterol

complicaçoes

complicações

coração

crianças

criancas

dia mundial da diabetes

diabetes

diabetes gestacional

diagnóstico

dieta

eclampsia

exercicio

exercício

glicemia

gravidez

gripe a

hipertensão arterial

hipoglicemias

idosos

insulina

laser

medicamentos

mr b

obesidade

osteoporose

perder peso

prediabetes

preeclampsia

prevenção

risco

risco cardiovascular

terapeutica

tratamento

todas as tags


Sexta-feira, 15 de Março de 2013
A HORA DAS REFEIÇÕES

Publicou-se em Janeiro de 2013 (International Journal of Obesity)um artigo a chamar a atenção para a associação dos horários das refeições e o ganho de peso.

 

Conclusões:

 

1. Importante respeitar, tanto quanto possível, os horários das refeições.

 

2. as últimas refeições do dia devem ser mais ligeiras.



publicado por João Vilela Gonçalves às 18:07
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 15 de Janeiro de 2013
Alimentos e Diabetes: porque é importante a Nutrição

Os diabéticos não aderem com facilidade a uma consulta de Nutrição. "Eu como assim...", "eu não faço excessos", "eu não como doces" são frases frequentes de quem tenta encontrar justificação para não ter uma consulta de Nutrição.

 

Em Portugal, os nutricionistas/dietistas são profissionais de saúde licenciados. Nesse curso, estuda-se, entre outros, a composição dos alimentos.

 

Os alimentos são constituídos por nutrientes: hidratos de carbono (vulgarmente conhecidos por açúcares), lípidos (gorduras) e proteínas.

 

Relativamente aos hidratos de carbono, cada alimento tem a sua quantidade e, por isso, define-se (por cada 100 g) o número de unidades de hidratos de carbono.

 

Por outro lado, um mesmo tipo de alimento (por exemplo, pão) às mesmas unidades de hidratos de carbono podem corresponder Índices Glicémicos diferentes...isto é a "velocidade" com que esses hidratos de carbono são absorvidos no organismo (por ex, a diferença entre pão branco e pão integral).

 

Ter uma consulta de Nutrição é aprender a conhecer a natureza dos alimentos que escolhemos, mesmo que não se trate de açúcares livres (bolos, doces).

 

A Nutrição é uma parceira fundamental da Clínica Médica numa consulta de Diabetologia. Os diabéticos tipo 1 que o digam.



publicado por João Vilela Gonçalves às 08:24
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 19 de Setembro de 2011
CARNE VERMELHA

Foi recentemente publicado (American Journal of Clinical Nutrition) um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard (Estados Unidos da América), com cerca de 440 mil participantes, alertando para os riscos do consumo de carne vermelha.

 

A carne vermelha, especialmente através de alimentos processados (como o "cachorro" = pão com salsicha), aumenta o risco de desenvolver Diabetes tipo 2.

 

Enquanto o consumo diário de 100 g de carne vermelha não processada aumentou o risco de desenvolver diabetes tipo 2 em 19%, 50 g de carne vermelha processada (equivalente a um "cachorro" ou a 2 fatias de bacon) associavam-se a 51% de aumento do referido risco.

 

As proteínas da carne vermelha devem ser substituídas por outras mais saudáveis e que se encontram nas nozes, nos cereais e em produtos com baixa quantidade de gordura.

 

Os participantes que substituiram o consumo diário de carne vermelha por nozes, cereais e alimentos com baixo teor de gordura viram, respectivamente, o seu risco de diabetes ser diminuído em 23%, 21% e 17%.



publicado por João Vilela Gonçalves às 08:19
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 25 de Março de 2011
CAFÉ PREVINE DIABETES

Foi publicado, no início do ano na revista "Diabetes", um artigo no qual se menciona as propriedades do café na prevenção da diabetes tipo 2. Como o artigo é americano, avaliam que o consumo de 4 chávenas de café por dia poderá retardar o aparecimento de diabetes.

 

Opinião: independente das propriedades do café, parece-me mais eficaz prevenir os diabetes através de uma alimentação saudável e a prática de exercício físico regular

 

 



publicado por João Vilela Gonçalves às 21:55
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011
Amêndoas e Nozes

Actualmente, acredita-se que o consumo regular de amêndoas e nozes é benéfico para a saúde.

 

Estes frutos secos dão um bom aporte de fibras e gorduras insaturadas ao organismo.

 

Dos diversos estudos realizados melhoram os níveis do "bom" colesterol (HDL colesterol) bem como os valores da glicemia.

 

Reduzindo a agressão à integridade dos vasos sanguíneos, combatem a aterosclerose.

 

 



publicado por João Vilela Gonçalves às 08:14
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010
NASCEU UM DIABÉTICO

Em Setembro foi publicado na revista australiana Nutrition and Dietetics um artigo de investigação sobre a alimentação dada pelas mães a recém nascidos. Foram entrevistadas, pelo telefone, 587 mães que tiveram os seus partos em duas maternidaes de Perth.

 

Na Austrália, as recomendações do serviço nacional de saúde são de que até aos seis meses, os bébés só devem ser amamentados, salvo se houver alguma contra-indicação.

 

Este estudo mostrou que 25% das mães introduziu sumos de fruta, biscoitos e bolos na alimentação de seus filhos de forma precoce. Mais, bébés com 1 mês de idade já comiam gelados, biscoitos e bebiam refrigerantes bem como outros alimentos com alto teor de sal, gordura e açúcar. Quanto mais cedo forem habituados ao consumo destes alimentos, mais cedo vão ficar dependentes dos mesmos, por vezes antes do primeiro ano de vida.

 

Os bébés tornam-se obesos, ficando com grandes possibilidades de se tornarem adultos obesos e, como tal MUITO PREDISPOSTOS para desenvolverem Diabetes tipo 2.

 

Num outro estudo australiano, 20% das crianças com 2 ou 3 anos eram obesas ou tinahm excesso de peso, mostrando que o excesso de gordura no corpo começa bem cedo no desenvolvimento da criança e com GRANDE CULPA DOS PAIS. Uma criança come o que os pais lhe derem ou deixarem comer.

 

O modo como se come em casa (isto é a escolha dos alimentos na alimentação caseira) tem um enorme efeito na futura escolha dos alimentos por parte das crianças: hábitos adquiridos.

 

(Mais: quantas crianças iniciaram o seu consumo diário de açúcar na Escola com os habituais saquinhos de doces nas festas de aniversário ou os leite com chocolate, o pão com doce, o croissant/pão de leite, o bolo dos lanches ?). 



publicado por João Vilela Gonçalves às 19:05
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 11 de Julho de 2010
Doces e Câncro do Pâncreas

Um grupo de Milão entrevistou 326 doentes com câncro do pâncreas sobre a sua saúde e estilo de vida nos últimos dois anos. Cada dpente foi comparado com um individuo do mesmo sexo e idade que não tinha câncro.

 

As pessoas que tinham um elevado consumo de doces (rebuçados, mel, marmelada) tinham uma probabilidade de 78% superior de sofrer este tipo de câncro. Ao contrário, um elevado consumo de frutas estava associado a um menor risco de desenvolver a doença.



publicado por João Vilela Gonçalves às 19:13
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 4 de Julho de 2010
Arroz Branco e Diabetes

Uma equipa de um hospital de Boston publicou recentemente um artigo no qual relaciona o consumo de arroz branco e o risco de desenvolver diabetes. O estudo envolveu cerca de 200 mil participantes e durou cerca de 14-22 anos.

 

Comer cinco ou mais porções de arroz branco por semana pode aumentar o risco de diabetes tipo 2 em 17%, contudo a substituição deste alimento por arroz integral provocou uma redução do risco da doença em 16%. As pessoas que consumiram apenas duas porções de arroz branco por semana apresentaram uma redução da doença na ordem dos 11%.

 

A razão pela qual o arroz integral pode oferecer protecção contra a diabetes tipo 2 está relacionada com o facto de ele conter muito mais nutrientes e fibras que o arroz branco bem como outros cereais processados. Durante o processo de refinação, o arroz branco perde uma quantidade significativa de fibra e a maioria das suas vitaminas e minerais, mantendo os amidos que, quando ingeridos, aumentam os níveis de açúcar no sangue



publicado por João Vilela Gonçalves às 19:05
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

João Vilela Gonçalves
Consultor de Medicina Interna, pós-graduado em Diabetologia, tem a competência de Gestão de Unidades de Saúde. Trabalhou em serviços de Cardiologia, Nefrologia e Clínica de Hemodiálise, Consulta especializada do Pé diabético e em Unidades de Cuidados Intensivos. Desempenhou funções de Chefe de Equipa de Medicina do Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria. Foi Assistente Convidado da Cadeira de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas.

Responsável pelas Consultas do Hospital de Pulido Valente (Diabetes, 1994-2004), da PT-Associação de Cuidados de Saúde (Diabetes, desde 1997; Hipertensão Arterial, desde 2006), da Corclínica (Diabetes, desde 1999) e do Instituto Cardiovascular de Lisboa (Diabetes, desde 2004).

Tem o seu trabalho acreditado, do ponto de vista científico, através das inúmeras apresentações em Congressos nacionais e internacionais.
Arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Links
blogs SAPO
Subscrever feeds