Bem-vindo(a) à Linha Diabetes. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Diabetes.

Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: linhadiabetes@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Diabetes na Gravidez: dia...

Marcadores Analíticos da ...

Sabia que...

Fiquei apavorada...

Teste Diagnóstico da Diab...

Idosa com diagnostico rec...

Valores de glicemia para ...

Temas

alimentação

alimentacao

avc

brasil

calorias

cancro

colesterol

complicaçoes

complicações

coração

crianças

criancas

dia mundial da diabetes

diabetes

diabetes gestacional

diagnóstico

dieta

eclampsia

exercicio

exercício

glicemia

gravidez

gripe a

hipertensão arterial

hipoglicemias

idosos

insulina

laser

medicamentos

mr b

obesidade

osteoporose

perder peso

prediabetes

preeclampsia

prevenção

risco

risco cardiovascular

terapeutica

tratamento

todas as tags


Segunda-feira, 16 de Abril de 2012
Diabetes na Gravidez: diagnóstico

O despiste da Diabetes Gestacional (diabetes na gravidez) deve ser feito às 24-28 semanas de gestação.

 

Pode ser feito através do doseamento da glicose no sangue em jejum, 1 e 2 horas após a ingesta oral de 75 g de glicose;

 

Os valores considerados normais são:

 

jejum: inferior a 92 mg/dl

 

1 hora após: inferior a 183 mg/dl

 

2 horas após: inferior a 152 mg/dl

 

Caso haja um valor anormal é feito o diagnóstico de Diabetes Gestacional.

 

 

4-8 semanas após o parto deve ser feita nova prova afim de definir se a ex-grávida mantém a diabetes ou não.

 

 

 

 



publicado por João Vilela Gonçalves às 03:10
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011
Marcadores Analíticos da Diabetes

Um estudo dinamarquês, apresentado no Congresso Europeu de Diabetes de 2011, reforçou a ideia de que marcadores analíticos (glicemia e Hemoglobina glicada A1c) da diabetes apresentam alterações cerca de uma década (10 anos antes) antes do diagnóstico da doença.

 

Actualmente considera-se que a Hemoglobina glicada A1c (média dos últimos 2-3 meses da glicemia) deve ter um valor inferior a 6,5%.

 

Este estudo vem reforçar a possibilidade de identificar grupos de risco permitindo adotar medidas que permitam retardar o aparecimento da diabetes. Refiro-me instituir alterações saudáveis no estilo de vida, como prática de exercício físico regular (3-4 vezes por semana) e comer mais vegetais e frutas em vez de doces e fritos.

 

 

 

MAS, CONSIDERANDO QUE A DIABETES NA FASE INICIAL NÃO DÓI, ESTARÃO AS PESSOAS DISPONÍVEIS PARA ALTERAR O MODO COMO VIVEM ???



publicado por João Vilela Gonçalves às 05:51
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 3 de Maio de 2009
Sabia que...

A Diabetes

 

1) é a principal causa de

 

cegueira,

insuficiência renal com necessidade de hemodiálise

amputações não traumáticas

 

 

2) triplica o risco de

 

enfarte cardíaco

acidente vascular cerebral

 

3) evolui de forma silenciosa

 

 

E ainda...

 

a) O coração de um diabético equivale ao coração de um não diabético que já tenha tido um enfarte ?

 

b) a pré diabetes é equivalente à diabetes relativamente ao risco cardiovascular ?

 

 

 

PREVINA A SUA DIABETES. FAÇA O DIAGNÓSTICO, AGORA !!!!!!!!!!!!!!!!



publicado por João Vilela Gonçalves às 09:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 24 de Abril de 2009
Fiquei apavorada...

...recebi  hoje as análises e tinha "113"...tenho muito medo da doença...poderei reverter este valor ?

 

Resposta: Calma, tranquilize-se. Os valores em jejum são normais até 110 mg/dl. Ora, ter 113 pouca diferença faz. Se repetir a análise mais 1, 3, 5 ,10 vezes provavelmente nunca mais vai ter "113". Nunca lhe faria o diagnóstico de Diabetes com um valor desses. Por mim, repetiria a glicemia em jejum e, dado a ansiedade, a glicemia 2 horas após 75 g de glicose diluídas em 250 cc de água (valor deve ser inferior a 140 mg/dl).



publicado por João Vilela Gonçalves às 09:06
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Sábado, 14 de Março de 2009
Teste Diagnóstico da Diabetes pela SALIVA

No início deste ano, foi publicado um trabalho para testar o potencial diagnóstico de diabetes pelo doseamento de açúcar na saliva.

 

Ainda vai haver muito para investigar, mas se desse certo que bom era.

 

podia-se fazer o teste diário sem necessidade de picar o dedo. ninguém morre por isso mas todos sabem o quão aborrecido é. Esta seria, certamente, uma ENORME ALEGRIA para as crianças.

 

Fico a torcer !!!!!!!!!!!!

 



publicado por João Vilela Gonçalves às 08:40
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009
Idosa com diagnostico recente de Diabetes

A minha mãe é uma senhora idosa (83 anos) a quem, muito recentemente, foi diagnosticado diabetes. Está a ser aconselhada medicamente. Tenho feito frequentemente a pesquisa da glicemia, com valores sempre muito altos (300-490). Poderão alguns alimentos ou a restante medicação serem responsaveis por estes valores ? Qual ou quais os alimentos que deve ingerir, quais deve evitar, que quantidades ?

 

Resposta: a idade de sua mãe muito provavelmente não lhe permitirá desenvolver complicações crónicas da diabetes. Porém os valores que apresenta são excessivamente altos e merecem tratamento; acredito que o tratamento mais eficaz seja a administração de insulina. Considero prioritário EVITAR HIPOGLICEMIAS.

Não me parece que outra medicação em curso possa ser responsável por valores tão elevados, salvo se fizer cortisona. Terá a doente alguma infecção silenciosa ou qualquer outra doença que lhe provoque descontrolo da diabetes ?

Quanto à alimentação, aos 83 anos, não fazia qualquer restrição, salvo se houver um consumo exagerado de doces.

 



publicado por João Vilela Gonçalves às 22:32
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 15 de Abril de 2008
Valores de glicemia para o diagnóstico de Diabetes

O valor da análise da glicemia é confrontado com os valores normais para os quais o kit utilizado pelo laboratório onde fomos está aferido. Por isso é natural que ao mudarmos de laboratório, os valores de referência para determinada análise possa variar. As Sociedades médicas, nacionais e internacionais, surgem com os seus valores de referência; embora não haja uniformidade de valores, estes não são muito diferentes entre si. Por exemplo, de acordo com a Associação Americana de Diabetes os valores de diagnóstico são: glicemia em jejum maior ou igual a 125 mg/dl OU igual ou superior a 200 mg/dl e acompanhado de sintomas (volume urinário aumentado, sede exagerada, fome devoradora, emagrecimento inexplicável) OU igual ou superior a 200 mg/dl, 2 horas após ingesta de 75 g de glicose. Porém os valores para PRÉ-DIABETES são: glicemia em jejum entre 100-125 mg/dl OU entre 140-200 mg/dl, 2 horas após ingesta de 75 g de glicose. Porque refiro a Pré-Diabetes? O DIABÉTICO É UM DOENTE DE ELEVADO RISCO CARDIOVASCULAR: o coração de um diabético equivale ao coração de um não diabético que já tenha tido um enfarte do miocárdio !!! O PRÉ-DIABÉTICO TEM RISCO CARDIOVASCULAR IDÊNTICO AO DO DIABÉTICO. Assim os diabéticos devem essencialmente ser avaliados como doentes de risco cardiovascular e assim devem ser avaliados relativamente à Pressão Arterial e ao valores das gorduras no sangue (colesterol, suas fracções, e trigliceridos). A triade Diabetes, Hipertensão Arterial e Dislipidemia são faces de uma mesma trama: o enfarte cardíaco e o acidente vascular cerebral (AVC). MAIS VALE PREVENIR QUE REMEDIAR.



publicado por João Vilela Gonçalves às 22:59
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

João Vilela Gonçalves
Consultor de Medicina Interna, pós-graduado em Diabetologia, tem a competência de Gestão de Unidades de Saúde. Trabalhou em serviços de Cardiologia, Nefrologia e Clínica de Hemodiálise, Consulta especializada do Pé diabético e em Unidades de Cuidados Intensivos. Desempenhou funções de Chefe de Equipa de Medicina do Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria. Foi Assistente Convidado da Cadeira de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas.

Responsável pelas Consultas do Hospital de Pulido Valente (Diabetes, 1994-2004), da PT-Associação de Cuidados de Saúde (Diabetes, desde 1997; Hipertensão Arterial, desde 2006), da Corclínica (Diabetes, desde 1999) e do Instituto Cardiovascular de Lisboa (Diabetes, desde 2004).

Tem o seu trabalho acreditado, do ponto de vista científico, através das inúmeras apresentações em Congressos nacionais e internacionais.
Arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Links
blogs SAPO
Subscrever feeds