Bem-vindo(a) à Linha Diabetes. Aqui poderá expor as suas questões e obter informações úteis sobre Diabetes.

Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: linhadiabetes@sapo.pt
Pesquisar neste blog
 
Posts recentes

Novas Terapêuticas, Mais ...

Corticoides Inalados e Di...

REDUZIR COLESTEROL: novos...

Fármacos que podem MASCAR...

Fármacos que podem DIMINU...

Fármacos que podem DIMINU...

Fármacos que podem AUMENT...

Diferença entre Fármaco e...

Metformina de libertação ...

Temas

alimentação

alimentacao

avc

brasil

calorias

cancro

colesterol

complicaçoes

complicações

coração

crianças

criancas

dia mundial da diabetes

diabetes

diabetes gestacional

diagnóstico

dieta

eclampsia

exercicio

exercício

glicemia

gravidez

gripe a

hipertensão arterial

hipoglicemias

idosos

insulina

laser

medicamentos

mr b

obesidade

osteoporose

perder peso

prediabetes

preeclampsia

prevenção

risco

risco cardiovascular

terapeutica

tratamento

todas as tags


Sábado, 17 de Dezembro de 2011
Novas Terapêuticas, Mais Esperança

Diabetes tipo 1: investigadores israelitas deram passo importante para a cura da Diabetes tipo 1.

 

Diabetes tipo 2: antagonistas do glucagon em estudo e com resultados promissores.

 

Nota: glucagon é uma substância que actua ao contrário da insulina: traz o açúcar das células para o sangue. Antagonista = contrário. Esta classe de fármacos são substâncias que "bloqueiam" o glucagon.



publicado por João Vilela Gonçalves às 16:17
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2011
Corticoides Inalados e Diabetes

Os doentes com asma, bronquite, doença pulmonar obstrutiva crónica ou alergias respiratórias são, habitualmente, medicados (e bem !) com corticoides inalados.

 

É conhecido com a toma habitual de corticoides por via oral aumenta os valores de glicemia. E se essa administração se processar por via inalatória ?

 

Em 2010, foi publicado um estudo numa revista científica americana (American Journal of Medicine) acerca do assunto.

 

A conclusão a que se chegou foi a de que a administração continuada de corticoides inalados tenderá a aumentar os valores da glicemia (açúcar no sangue). Porém não foi definida uma relação directa.

 

Note que: a administração de corticoides inalados tem uma base clínica...quantos doentes não melhoram francamente das suas queixas respiratórias ao iniciar terapêutica com estes medicamentos ? Mas como não há bela sem senão, é possível que os valores da glicemia aumentem. Assim mantenha a terapêutica com os corticóides enquanto o seu médico julgar necessário e vigie os valores da glicemia (o que acontece habitualmente nos diabéticos) ou faça análise específica de 4-4 meses.



publicado por João Vilela Gonçalves às 08:37
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2010
REDUZIR COLESTEROL: novos fármacos

Foi recentemente conhecido os resultados preliminares do estudo DEFINE.

 

Este estudo mostra a eficácia do fármaco anacetrapib na redução (36%) do mau colesterol (LDL) e da subida (138%) do bom colesterol (HDL) em doentes com doença coronária.

 

Aparentemente o fármaco foi bem tolerado não havendo efeitos secundários no fígado.

 

Os doentes que participaram no estudo clínico e que tomaram o anacetrapib ficaram mais protegidas para a ocorrência de um enfarte cardíaco.

 

Certamente mais estudos serão feitos antes do fármaco ser comercializado.



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:57
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Terça-feira, 28 de Setembro de 2010
Fármacos que podem MASCARAR as hipoglicemias

Existem fármacos que podem mascarar as hipoglicemias, ou seja não deixam que o doente se aperceba dos sintomas de alerta de uma queda de glicemia.

 

Em caso de ser diabético e estar medicado com um destes fármacos, alerte os seus médicos.

 

Atenolol

Carvedilol

Metoprolol

Nadolol

Nebivolol

Pindolol

Propanolol

Timolol

 

Esta listagem foi retirada do sítio www.diabetesincontrol.com



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:00
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 20 de Setembro de 2010
Fármacos que podem DIMINUIR ou AUMENTAR a Glicemia

Há fármacos que podem interferir na glicemia, diminuindo-a ou aumentando-a.

 

Anfotericina B

Bisoprolol+hidroclorotiazida

Diazoxido

Esterptozocina

Fenitoína

Fluoxetina

Hidroclorotiazida + metoprolol

Lítio

Metoprolol

Nadolol

Rifampicina

Sotalol

 

 

Esta listagem foi retirada do sítio www.diabetesincontrol.com



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:45
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 13 de Setembro de 2010
Fármacos que podem DIMINUIR a Glicemia

Há fármacos que podem ajudar a diminuir a glicemia, isto é o açúcar no sangue.

 

Caso aconteça, avise o seu médico para reavaliar toda a medicação.

 

Estes fármacos NÃO DEVEM SER USADOS COM O OBJECTIVO DE CONTROLAR A DIABETES.

 

Acebutolol

Álcool

Aloe

Anfotericina B

Ginseng

Aspirina

Aspirina+dipiridamol

Atenolol

Bisoprolol

Bromocriptina

Cloranfenicol

Clorpropamida

Claritromicina

Diazoxido

Dicumarol

Diltiazem

Disopiramida

Dorzolamida + timolol (Cosopt)

Fenitoína

Fluoxetina

Hidroclortiazida + metoprolol

Levofloxacina

Magnesio

Metoprolol

Nadolol

Nifedipina

Penicilamina

Pentamidina

Pindolol

Probenecid

Salicilatos

Teofilina

Timolol

Verapamil

 

NOTA: esta listagem foi retirada do sítio www.diabetesincontrol.com



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:07
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Segunda-feira, 6 de Setembro de 2010
Fármacos que podem AUMENTAR a Glicemia

Há Fármacos que podem provocar Hiperglicemia, isto é aumentar os valores de açúcar no sangue.

 

Não pense contudo que o descontrolo da sua Diabetes se deve apenas à terapêutica NECESSÁRIA com uma destas substâncias:

 

Ácido Ursodezoxicólico

Ácido Valpróico

Albuterol

Anfotericina

Atenolol + clortalidona

Atorvastatina

Betametasona

Bisoprolol+hidroclortiazida

Carvedilol

Clorotiazida

Clortalidona

Corticoides

Ciclosporina

Dexametasona

Enalapril+hidroclortiazida

Estradiol

Estrogenios

Fenitoína

Fluoxetina

Formoterol

Fosinopril+hidroclortiazida

Furosemido

Glucosamina

Hidroclortiazida

Indapamida

Interferon

Levotiroxina

Medroxiprogesterona

Metilprednisolona

Metolazona

Metoprolol

Moxifloxacina

Nistatina

Pantoprazol

Pentamidina

Prednisolona

Progesterona

Pseudo-efedrina

Risperidona

Salmeterol

Vitamina C

Vitamina E

 

 

NOTA: esta listagem foi retirada do sítio www.diabetesincontrol.com



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:54
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010
Diferença entre Fármaco e Medicamento

O medicamento é constituído pela substância activa (fármaco) e pelos excipientes (substâncias sem acção curativa que servem para constituir o medicamento).

 

Um medicamento pode ser constituído por mais de um fármaco.

 

Algumas reacções alérgicas aos medicamentos são atribuídas aos excipientes e não ao fármaco.



publicado por João Vilela Gonçalves às 00:50
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

Domingo, 25 de Julho de 2010
Metformina de libertação prolongada

Foi dado conhecimento, no recente congresso da Associção Americana de Diabetes, a utilização de metformina de libertação prolongada.

 

A metformina é um medicamento para a diabetes tipo 2, com 60 anos de existência clínica. É o medicamento de primeira linha (caso não existam contra-indicações) proposto pelos consensos e normas de orientação clínica internacionais.

 

A formulação de libertação prolongada permite aumentar a dose do produto comparativamente ao preconizado actualmente com a formulação "tradicional". O aumento da dose não provoca mais efeitos secundários nem hipoglicemias.

 

Esta formulação ainda não está disponível em portugal



publicado por João Vilela Gonçalves às 19:31
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

João Vilela Gonçalves
Consultor de Medicina Interna, pós-graduado em Diabetologia, tem a competência de Gestão de Unidades de Saúde. Trabalhou em serviços de Cardiologia, Nefrologia e Clínica de Hemodiálise, Consulta especializada do Pé diabético e em Unidades de Cuidados Intensivos. Desempenhou funções de Chefe de Equipa de Medicina do Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria. Foi Assistente Convidado da Cadeira de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas.

Responsável pelas Consultas do Hospital de Pulido Valente (Diabetes, 1994-2004), da PT-Associação de Cuidados de Saúde (Diabetes, desde 1997; Hipertensão Arterial, desde 2006), da Corclínica (Diabetes, desde 1999) e do Instituto Cardiovascular de Lisboa (Diabetes, desde 2004).

Tem o seu trabalho acreditado, do ponto de vista científico, através das inúmeras apresentações em Congressos nacionais e internacionais.
Arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Links
blogs SAPO
Subscrever feeds