Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha Diabetes

Linha Diabetes

OBESIDADE INFANTIL: como as escolas podem contribuir

23.11.09, João Vilela Gonçalves

Terminou ontem o 13º congresso nacional de Obesidade. Entre outros, foi revelado os resultados de um estudo feito em Portugal que demonstrou que 30% das crianças têm excesso de peso.

 

O Estudo da Prevalência da Obesidade Infantil e dos Adolescentes em Portugal Continental demonstrou que 12,5% das crianças dos 2 aos 5 anos SÃO OBESAS !

 

A crescente prevalência da obesidade infantil levou a que o Plano contra a Obesidade vá realizar estudos de 2 em 2 anos de modo a termos consciência do crescimento (ou diminuição) desta epidemia. Como disse João Breda, coordenador do Plano, "somos um dos países europeus com mais crianças nesta situação".

 

Em minha opinião, as escolas têm determinante papel no combate à obesidade infantil. Há um número apreciável de crianças que inícia um consumo habitual de gordura e açúcar quando entra para a pré-escola.

 

Se há escolas que QUEREM TER  programas de alimentação saudável para os seus alunos, existem outras que o negligenciam, IMPUNEMENTE, provávelmente por questões económicas (leia-se diminuição das margens de lucro).

 

Compete aos pais e às Associações de Pais tomar as decisões que melhor julgarem.

 

O MELHOR RANKING É CERTAMENTE O DO GANHO DE SAÚDE.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.